Sobre o eu.

Foto: Nathália Coelho

Saber reconhecer que sou ser humano passível de falhas é o primeiro passo para a evolução. A compreensão de que minhas escolhas ditam a real situação vivida é importante para a transformação de tudo que padece em sofrimento. A mudança só é possível quando consigo (re)avaliar atitudes e assumir minhas falhas, trabalhando-as com humildade. Adoece aos poucos quem acha que a solução de seus problemas está nas mãos de um terceiro. "Vitimizar-se" é tirar de si toda a capacidade de viver. É atribuir a si mesmo o papel de coadjuvante em sua própria vida. Senhor, abra meus olhos todas as vezes que me isentar de culpa. E que essa culpa seja trabalhada em meu coração para a construção de pontes, não de muros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sadomasoquismo e sociedade

Poema de terça-feira

A paixão de Jesus nos dias de hoje