Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

A. I. 2016

(Nathália Coelho)
Digere e vive.
[Não dá tempo de sofrer súbito mal.]
Digere e dirige.
[Não dá tempo de olhar para trás.]
Digere e regurgita.
Come o vômito.
- IMPERATIVO.
Lá vem mais.
Digere e vive.
há espaço, [aperta o sapato.]
se espreme em si mesmo.
Digere.
E não reaja.
finge demência.
isso passa.
Mas lá vem mais.
Digere, digrida.
não vão te ouvir.
sentir jamais.
Sem discussão
é em vão.
Digere sem diálogo.
Só digere.
Goela abaixo.
Porque lá vem mais.