Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Tardes de domingo

Imagem
Taguatinga, tarde de domingo.
Sob a sombra de um frondoso pé de graviola, o pequeno Guilherme, 1 ano, brinca de recolher as sementes das frutas que caíram no chão. Pega carocinho por carocinho e os coloca dentro da pá. Em seguida, se diverte com os gravetos batendo-os na calçada, dança e inventa músicas. Para. E pede colo para observar de perto o passarinho no fio do poste, na casa do vizinho ao lado, cantando seu piar sincero. Depois olha para o céu e procura a "Lulu", a lua, que já aponta no horizonte com o entardecer. Ele esqueceu o tablet e os celulares que tanto ama naquela tarde. Trocou-os pela simplicidade da natureza. Formosa, tarde de domingo.
Julinha, 2 anos, está afoita correndo de um lado para outro, no terreiro limpo e capinado. Os pezinhos sentem a terra. As mãozinhas também estão sujas, porque, segundo ela, "está fazendo sal da terra para cozinhar." Daí, enche o vestido com pedrinhas de todos os tamanhos. E as coloca nos buraquinhos do muro, perto d…

Desejos imperativos

Imagem
Não segregue, agregue! 
Ao invés de gritos, cochichos! 
Mais ouvido, menos umbigo! 
Desacelere, espere! 
Não brigue; inspire, respire! 
Não ao semblante fechado, sim sorriso escancarado! 
Menos isolamento, mais convivência. 
Abra o coração para experiências! 
Sem estupidez, seja cortês! 
Espalhe amor, acabe com o horror, por favor! 
Pratique o bem sem olhar a quem! 
Não inveje, valorize-se. 
Desarma, acalma! 
Nas horas de incêndio, silêncio. 
Sem preguiça; trabalhe, solidariedade espalhe! 
Tristeza? Ajoelha! 
Queira a vida para que a vida te queira!

Ao dia do Trabalhador [atrasado]

Acordo. E no espelho estampadas estão as esperanças das 24 horas que seguem. As tarefas cumpridas e a cumprir. As preguiças. As imperfeições do humano. As inspirações do interior divino. Segue o tempo de trabalho entre o amanhecer e o anoitecer. O dia é feito de superações. Em todos os âmbitos. O elogio que emiti. O chão que varri. O cachorrinho que cuidei. A comida preparada para a família. A ligação que tive coragem fazer. O "oi" para o vizinho até então desconhecido. A prece cumprida. A constante conversa com Deus. O trajeto de casa ao trabalho conseguindo controlar o estresse do trânsito. A vitamina D que enfim foi reposta no corpo com o sol da manhã. O grito que não saiu. A tolerância exercida. A mão amiga a quem precisa. Um texto que foi materializado no papel. As páginas de um livro lidas. Meia hora de estudo. A vida é feita em suas relatividades. Vence aos poucos quem superou a si mesmo a cada pequeno detalhe do dia, sendo esse ou não fruto ou parte de um projeto ma…