Em retalhos

Debaixo do cobertor rosa 
tem uma colcha de retalhos. 
Debaixo da colcha, 
tem um coração costurado 
em quadradinhos de histórias.
Pedaço cá, pedaço lá.
Um leva uma fatia embora, 
vem outro e remenda o dele no lugar.
A linha usada varia a cor.
Depende da emoção da troca.
Debaixo da colcha de retalho 
tem um coração 
que se fragmenta porque ama.
E bate descompassado 
no peito da dona.
"Coração Bobo!
Coração bola!"
Agora mesmo chora pianinho ]
com o barulho da chuva lá fora.
E agradece a Deus. 
Agradece. 
Agradece. 
(...)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sadomasoquismo e sociedade

Poema de terça-feira

A paixão de Jesus nos dias de hoje